Confirmado – Bolsonaro diz que haverá 4ª parcela do auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 22 de maio, que haverá a quarta e “talvez” a quinta parcelas do auxílio emergencial destinado a trabalhadores informais.

Segundo Bolsonaro, porém, o valor será inferior aos atuais R$ 600.

O governo propôs ao Congresso Nacional pagar R$ 200 aos trabalhadores em razão da crise na economia provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Mas os parlamentares aumentaram o valor para R$ 600, por três meses.

Pagamento do auxílio

O governo iniciou nesta semana o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial.

O calendário desta parcela vale apenas para quem recebeu a primeira até 30 de abril.

Até quarta, a Caixa Econômica Federal pagou R$ 44,3 bilhões para 51,6 milhões de beneficiários.

Ao todo, foram 62,3 milhões de pagamentos, uma vez que muitos beneficiários já começaram a receber a segunda parcela de R$ 600.

Ainda segundo a Caixa, foram processados pela Dataprev até a última segunda-feira 101,2 milhões de cadastros, dos quais 59 milhões foram considerados elegíveis – destes, 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 29,3 milhões de trabalhadores que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa.

Outros 4,5 milhões de cadastros feitos pelo aplicativo ou pelo site estão em reanálise, e 4,4 milhões, ainda passam pela primeira análise.

iG

WhatsApp – Portal Voxnet – (44) 9 9756 9107 – Envie sua matéria, foto ou vídeo – Seja nosso Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *